27.9.06

Só uma Mulher?

Ela é uma mulher. Caso não tenham percebido. Não uma muleta, um amuleto, um enfeite ou uma caixa de cerveja, apenas uma mulher.
Conseguiu cada pequena coisa que tem e sobreviveu a cada experiência às custas de muito sangue, suor e lágrimas. Até agora tem feito um bom trabalho. Teve força o suficiente para aguentar cada golpe que a vida fez questão de lhe dar. E apesar de tudo isso, é extremamente bem-resolvida, moderna, descolada, tranquila, na medida do possível. E o melhor de tudo! feliz.
Trabalha muito, sem parar, (isso quando não faz hora-extra e plantão de fim de semana) é uma profissional excelente, ganha razoavelmente bem, mas menos do que os homens, claro. Aguenta ordens estúpidas de um chefe incompetente e cantadas ridículas e desrespeitosas de colegas de trabalho e daqueles a quem procura atender bem , além de comentários invejosos de outras mulheres do recinto.
É capaz de pagar as próprias contas, todas em dia, realizar cada pequeno sonho, devagar e sempre, com perseverança e um plano de metas que faz questão de seguir à risca.
Já encarou traições de todos os tipos, puxadas de tapetes generalizadas, altos e baixos, doenças, marés de azar, infernos astrais, desemprego, depressão, enchentes, incêndios, baratas, aranhas, sanguessugas e cobras. Faz musculação, natação, tenta manter uma dieta saudável, come grãos, frutas e verduras, toma algumas vitaminas e evita lugares arriscados à partir de certos horários (com a ajuda do noivo), nessa cidade medíocre.
Também é capaz de abrir um pote de palmito, uma garrafa de cerveja com os dentes, jogar bilhar, se pentear e passar batom ao mesmo tempo, pilotar uma criança, programar um cachorro, projetar um final de semana chuvoso tendo roupa suja para lavar, escrever um poema, fazer uma crítica, se proteger de diferentes espécies de seres homens ignorantes, interpretar um grande papel, tentar dirigir um carro, presidir um complexo familiar, argumentar, discutir, convencer, pular de cabeça em novos projetos, escalar uma montanha de dificuldades, ser mãe (o que já resume numa simples palavra aptidões para desenvolver uma série de outras atividades admiráveis), cozinhar, limpar uma casa, administrá-la com competência, entre muitas outras coisa que você nem imaginaria…
Além disso, discute política, literatura, quadrinhos, filosofia, música, religião, futebol,carros, física quântica, química, biologia, informática e qualquer outro assunto de seu interesse.
É bonita, brilhante, inteligente, comunicativa, simpática, engraçada, discreta, sexy, , tem ótimo gosto, noções de moda e estilo, é sensível, amorosa, carinhosa, compreensiva, tolerante, bem humorada, apaixonada e intensa.Pode enfrentar qualquer coisa. Qualquer coisa mesmo. Enfim, é uma mulher forte, de fibra, personalidade, presença de espírito, sangue frio na hora certa e sangue quente quando necessário. Corajosa, notável. Apesar de tudo isso e de mais uma série de defeitos que todas as mulheres têm e que fiz questão de excluir dessa lista pois fugiria ao contexto, ela para minha felicidade, consegue lidar com o fato de poder se enxergar como simplesmente minha mulher.

2 comentários:

  1. Legal.....fico feliz por vc ter uma mulher assim..........hj em dia esta cada vez mais dificil encontrá-las.....

    parabens mesmo.

    mike

    ResponderExcluir
  2. Sheila4:16 PM

    Amor da minha vida...

    Você é irrestivível!
    O amigo perfeito!
    O companheiro perfeito!
    O amante perfeito!
    E a sua forma de me tratar me faz sentir-me especial.
    Sou orgulhosa e feliz por ser a...
    SUA MULHER!
    Obrigada por mais esse lindo texto!

    ( Beijo na boca!)

    ***Sheila***

    ResponderExcluir