26.8.05

Eclíptica

Um ano, trezentos e sessenta e cinco dias e uma volta da terra em torno do sol. Junto com a terra eu e a minha praia entramos no ciclo.
Devido ao movimento de translação da Terra em torno do Sol, o Sol aparentemente se move, ao longo do ano, descrevendo uma trajetória na esfera celeste que é chamada Eclíptica. A Eclíptica é um círculo máximo que tem uma inclinação em relação ao Equador Celeste. É esta inclinação que causa as estações do ano. Complicado não? Nem tanto!
Contrariando as teorias da física e do universo, na minha praia não fez frio durante esse um ano. Posso garantir que só fez calor. A paixão garantiu que fosse tudo quente, desde as interações, o ósculo (lembra disso?) às juras de amor. Não ocorreram variações climáticas e muito menos tempestades. Uma vida sem igual, num lugar sem igual, uma volta em torno do sol para voltar a ser feliz.
Posso me considerar feliz e um cara de muita sorte. Pois realmente encontrei a minha praia. Nos momentos de mais tensão e dificuldades, tive ela para me dar o descanso. Nos momentos de maior stress, tive sua areia e o mar azul para me acalmar. Eu realmente torço por você, caro leitor, para que você também se defina e encontre o seu lugar ao sol.
As grandes conquistas implicam em grandes riscos. Se você não arriscar, como saberá se será feliz? Uma volta em torno do sol, ou seja, voltamos ao mesmo ponto. Nem parece que demos uma volta, continuamos apaixonados do mesmo jeito e continuamos nos curtindo. Uma praia só minha, para dividir tristezas e multiplicar alegrias. Se a velocidade da Terra na sua trajetória de 107.600 km/h em torno do sol fosse menor, sua trajetória seria mais distante, e se, distante demais do sol, todo e qualquer tipo de vida inexistiria. Da mesma forma, eu e minha praia encontramos o nosso tempo, ajustamos a nossa velocidade, habitamos juntos, estamos na mesma sintonia e isso nos permite estar muito felizes. A terra se move e nós a acompanhamos. Não temos como mudar isso. Temos de nos adaptar e enfrentar todos os obstáculos. A terra não pára. E por mais que lutemos contra, iremos perder a luta. Por isso, sem nos importamos para onde estamos indo, seguimos caminho. Nos curtindo, nos ajudando, nos amando!
Nada pode nos atrapalhar, pois iremos contrariar todas as previsões e estações do tempo. Na minha praia não existe espaço para frio, chuva, ventos fortes ou tempestades. Não existe tempo ruim. Para sempre a terra irá girar, para sempre irei te cuidar e seu Deus quiser, para sempre irei te amar!


Um comentário:

  1. Sheila4:32 PM

    É amor, existe horas que nos faltam as palavras, e essa é uma delas...
    Nesse "ciclo", foram muitos os problemas e obstáculos, mas concentramos em nós, e esse foi o segredo!
    Eu Super Amo Você!
    Obgda pelo lindo texto!
    :-)) A Praia...

    2:34 PM

    ResponderExcluir