28.8.08

Mais um dia 28/08

Minha inspiração, há quatro anos...
Quis seus sentimentos
Quis seu corpo
Não quis suas desculpas
Não quis seus problemas
Não me importei com seu passado
Quis sua boca
Desejei seus olhos
Quis seu abraço
Quis seu cheiro em mim
Quis sua vida na minha
Quis dividir
Quis te amar
Quis estar sempre contigo e ter seus carinhos
Quis sua companhia e sua torta de limão
Quis passar calor debaixo de dois edredons
Não quis nada que não pudesse me dar
Não quis o que não queria me dar
Quis sua vida preenchendo a minha
Vi o que ninguém viu e quis o que ninguém percebeu
Quis que pensasse em mim
Quis que me amasse
Não quis que me esquecesse depois de cada noite, cada sessão, cada cerveja ou sorvete
Não quis que esquecesse a minha voz e minhas palavras apaixonadas que eu lhe dizia nos parques da cidade
Quis que guardasse cada pedaço de papel com minhas declarações de amor
Quis suas pintas, suas curvas, quis cada detalhe
Não pareceu real, era tudo mágico, denso, intenso, proibido, gostoso
Minha boca na sua foi e sempre será uma nova descoberta
Descubro que te amo como nunca e que te desejo como no início
Nesses quatro anos: meu corpo no seu sempre foi e sempre será um volta ao ponto onde nunca paramos

Um comentário:

  1. Inspiração11:54 PM

    E por nos querermos tanto que esses quatro anos foram como um conto de fadas!
    28 de agosto...inesquecível!Porque você tornou esse dia a largada de muitos outros dias felizes!

    Te amo! Te amo! Te amo!

    ResponderExcluir